“RELATO PREMIADO, VOLUNTÁRIO DO ANO, Santander Banespa” é do CIVE!

O relato garantiu o prêmio de VOLUNTÁRIO DO ANO (2005) à um dos colaboradores do Cive.

 

“Durante séculos, as pessoas com deficiências, eram consideradas socialmente inúteis, inválidas e indivíduos sem valor, um fardo para a família, o que vem mudando gradativamente este paradigma, em virtude dos trabalhos desenvolvidos por organizações não governamentais e da mobilização das próprias famílias em lutar pelos direitos dos seus filhos. Neste contexto é que eu e minha esposa fundamos o CIVE.

Centro de Integração famílias e amigos de apoio ao surdocego Vitor Eduardo é uma organização que presta serviços à comunidade na área da Saúde e Assistência Social à pessoas com deficiências múltiplas sensoriais e surdocegueira, onde exerço minha função de voluntariado nos finais de semana doando 6 horas do meu tempo com o compromisso de acompanhá-los em atividades de lazer.

O surdocego não tem acesso ao mundo naturalmente, porque não ouve e não enxerga, precisa sempre de um guia interprete para que ultrapasse esta barreira, que é inerente à própria deficiência, a barreira da comunicação, da vida social. Na atividade que desenvolvo, sou um facilitador na interpretação deste mundo fazendo com que muitas crianças e jovens saiam do isolamento e possam desfrutar de momentos de prazer, sejam em parques, piscinas ou shoppings. Com isso estou contribuindo para que a sociedade que desconhecem as potencialidades e necessidades das pessoas com deficiências possam acreditar e contribuir para implantação de políticas públicas que beneficiarão estas pessoas.”

 

Eduardo Andrade Bastos

Conselheiro Fiscal do CIVE

Adicionar a favoritos link permanente.

Comentários fechados.